Há alguns anos que não experimentava o efeito da “rentrée literária”. Fundamentalmente focado na direção pedagógica do Colégio Luso-Francês e na academia, ando pouco atento ao que acontece no meio literário.
Este ano está a ser diferente. No dia 16 de setembro, foi apresentado o meu novo livro de poesia: «Antípoda», numa conversa inesquecível, no Centro Regional do Porto da Universidade Católica, com os amigos Jorge Melícias, Rui Nunes e Valter Hugo Mãe. No dia 30 de setembro, na inauguração do novo espaço da livraria Flâneur, conversei com a Andreia Faria e com o Daniel Jonas. No próximo sábado, 7 de outubro, no Teatro Nacional São João, a conversa será com o José Tolentino Mendonça, a propósito da edição do seu novo livro: «O pequeno caminho das grandes perguntas».
É um tempo de redescobertas e de reencontros…