Por estes dias foi publicado o n.º 7 da Revista Cultural do Santuário de Fátima: «Fátima XXI». Coordenei o caderno temático sobre o Imaculado Coração de Maria, no qual reuni vários contributos: textos de Adelino Ascenso, Ângela de Fátima Coelho, João Manuel Duque, José Pedro Angélico, Luís Soares Barbosa, Nuno Higino, Pedro Valinho Gomes, Ruy Ventura e Vítor Teixeira possibilitam diferentes perspetivas, abordagens no âmbito da cultura bíblica, da atividade teologal e da consciência histórica, sem prescindir de uma literacia poética que converte ao coração o aparelho cardíaco; a partir de um poema de José Tolentino Mendonça – “A presença mais pura” –, Luís Costa e Francisco Gomes fotografaram Romana Carmo, não como modelo que posa, mas como metáfora de Maria, com um coração-madeiro [peça da autoria de Sofia Brandão], chaves, o fruto e a flor, a luz, a palavra e o pão, e as mãos… as mãos sobre o coração; de Trelew, na Patagonia argentina, chegou uma representação do Imaculado Coração de Maria do portenho Gustavo Aimar.